sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Namoro com proposito



Quando você começa o relacionamento com uma pessoa, você pensa em futuro. Pelo menos é isso que penso em relação a um namoro. Um tempo de conhecimento, ajustar certas coisas e analisar se deseja passar o resto da sua vida com essa pessoa. Conforme sua analise e decisão, você começa a planejar e colocar metas. Isso é o normal, ou o que deveria ser.
No meu caso estou percebendo que existem muitas barreiras para se pensar em um futuro. A escolha pela compra de um bem material pode influenciar no atraso de um futuro. Infelizmente algo que não depende de mim.
O pior de tudo isso é que sempre penso com o coração, sempre acredito no lado positivo, que algo pode mudar. Preciso ser mais racional e ter coragem de tomar decisões.



“O chamado não é o que faço. O chamado é minha essência. O chamado é mais forte do que viver. O chamado é a ação do Criador em mim que faz com que eu viva. O chamado sou eu. O deserto não é lar permanente, é uma rota. Tem começo, meio e fim. Tem porta de entrada e saída”. Ludmila Ferber

Nenhum comentário:

Postar um comentário